SP_2013_18_1_Leonardo_Close_Up_web.jpg

 

ashes' city / cidade de cinzas

 

 

The end is not written.

 If you decide it's time to take a plane and endure a 12-hour flight to get to Brazil, if you think you're right to go to take pictures thinking of what's waiting, it means you have some problems hard to solve.

In Sao Paulo or at least a small part of it, I spent nine days, not even enough time to find out where I was, very little. Just enough to know what you might need and what shelter looks like, for you, in São Paulo.

I looked for a safe place into details to let myself not be torn from the overall picture, which is São Paulo and which ends at some point beyond the horizon.

The Ashes' City does not look like any place that can be explained as such. The Ashes' City is something that goes beyond the concept of place is a crazy idea that is in front of you, enter your eyes following the criteria of linear perspective. It grows into the earth's crust and extends following its natural curvature.

How can the absence of a vanishing point where you expected to find it seem terrifying?

Now, after four years, all these images of those days spent in Roosevelt Square have fallen away.

In all this time I've repaired them and looked at them, dozens of times, these photos were always the same as themselves, while I, Roosevelt Square and all the people I met there, were changing.

I developed the first negatives in Venice when the memory was still fresh and the jetlag feeling was still there. I made the first scans in just one afternoon. I built a box to hold what I saw while Leo wrote to me from São Paulo to tell me he had found out he had cancer and that he thought of me as the father he never had. I burnt the hard drive where all the work was already done just some hours before Leo was arrested for murder, that night I didn't sleep. I picked up all the material again now, as soon as I got back in touch with all the guys I met there at Roosevelt Square in those days, unfortunately among those guys, there is no Leo.

O final ainda não está escrito.

 

Se você decidir que é hora de tomar um avião e aguentar 12 horas de voo para chegar ao Brasil, se você acha que está certo de ir para tirar fotos pensando de saber o que está à espera, isso significa que você tem alguns problemas e não parecem facilmente solucionável .

Em São Paulo, ou pelo menos, em uma pequena parte, passei nove dias, pouco tempo mesmo para descobrir onde eu estava, muito pouco. Apenas suficiente para saber do que pode precisar e como parece um abrigo, para você, em São Paulo.

Então, busquei refúgio nos detalhes, de modo de não deixar-me rasgar do quadro total, que é São Paulo e que termina em algum momento após do horizonte.

A cidade de cinzas não se parece com qualquer lugar que pode ser definido como tal. A cidade de cinzas é algo que vai além do conceito de lugar. A cidade de cinzas é uma idéia louca que está a sua frente, nos seus olhos sem seguir os critérios da perspectiva linear. Cresce na crosta terrestre e se estende seguindo a curvatura natural dela.

Como pode parecer aterrorizante a ausência de um ponto de fuga onde você esperava encontrá-lo?

Agora, depois de quatro anos, quedaram todas estas imagens daqueles dias passados na Praça Roosevelt.

Em todo esse tempo eu reparei-as e mirei-as, dezenas de vezes, essas fotos sempre iguais a si mesmas, enquanto eu, Praça Roosevelt e toda a galera que conheci lá, estávamos mudando.

Desenvolvi os primeiros negativos em Veneza quando a memória ainda estava fresca e o jetleg ainda não era passado inteiramente. Fiz os primeiros scans em apenas uma tarde, que ainda não estava concluído outubro. Construí uma caixa para segurar o que vi enquanto Leo escreveu-me de São Paulo para me dizer que tinha descobrido que tinha câncer e que ele pensava em mim como o pai que ele nunca teve. Queimei o disco rígido onde ficava todo o trabalho já feito quando Leo foi preso por assassinato, e naquela noite eu não dormi. Peguei novamente todo o material agora, assim que retomei o contato com todos os caras que conheci lá na Praça Roosevelt naqueles dias, infelizmente entre esses caras não há Leo.

SP_Cidade_de_Cinza_cover_web.jpg
_DSF6848.jpg
SP_2013_17_3_Arnowdy_Lanziloti_cut.jpg
FujiRAWlg-03750.jpg
FujiRAWlg-03781.jpg
FujiRAWlg-03779.jpg
FujiRAWlg-03786.jpg
FujiRAWlg-03783.jpg
SP_2013_13_3_dario_Bertolucci_cut.jpg
SP_2013_13_9_Henrique_Moura_cut.jpg
IMG_20130911_113728.jpg
IMG_20130907_224918.jpg
IMG_20130910_225851.jpg
_DSF7018.jpg
FujiRAWlg-03801.jpg
SP_2013_18_9_Rodrigo_Bezzerra_cut.jpg
IMG_20130913_170914.jpg
IMG_20130913_192842.jpg
IMG_20130908_205326.jpg
FujiRAWlg-03770.jpg
SP_2013_16_9_Victor_Genicolo_web.jpg
FujiRAWlg-03796.jpg
IMG_20130913_161528.jpg
IMG_20130910_130438.jpg
IMG_20130913_213125.jpg
SP_2013_16_11_Vinicius_Kramer_Prado_web.
FujiRAWlg-04049.jpg
SP_2013_13_7_Rodrigo_Charlie_Chan_cut.jp
SP_2013_16_18_Smaily_de_Lellis_cut.jpg
IMG_20130909_235755.jpg
IMG_20130915_124125.jpg
IMG_20130908_234146.jpg
_DSF7169.jpg
FujiRAWlg-04445.jpg
FujiRAWlg-04212.jpg
IMG_20130915_203813.jpg